“DEUS TE DÊ BOA SORTE”: DOCUMENTÁRIO CONTA HISTÓRIA DE PARTEIRAS INDÍGENAS

0

O documentário “Deus te dê boa sorte”, que conta a história de parteiras indígenas da tribo Pankararu, no sertão do Pernambuco, tem foco em populações indígenas e foi ideia da pesquisadora e médica Eneline Gouveia Pessoa. Segundo a especialista, a ideia de falar sobre o tema é melhorar a atenção à gestação, ao parto, ao nascimento e ao puerpério entre as índias.

seguro de vida para casais homoafetivos

Segundo a pesquisadora, a saúde indígena apresenta muitas particularidades. Ela ressalta a dificuldade em ter acesso a essas mulheres, já que a logística para chegar até as aldeias não é das mais simples. No Acre, por exemplo, para um profissional da saúde chegar a uma aldeia demora, em média, um dia de barco. Além disso, muitos povos se deslocam com frequência e isso também dificulta o acesso a eles.

“O Ministério da Saúde confirma que há um despreparo para lidar com povos indígenas por parte do governo. Diferentemente de países como Canadá e Austrália, o Brasil não treina profissionais da saúde para cuidarem desses povos, de culturas específicas. As dificuldades, além de geográficas e de logística, estão relacionadas a esse despreparo”, ressalta Eneline.

Veja um trailer:

A parteira da tribo Pankararu, Dôra, é a principal voz do documentário, dirigido pela pesquisadora em relações étnico-raciais e mestre em educação em saúde Jacqueline Farias. O curta-metragem mostra uma tradição que é realidade no sertão pernambucano.

“Deus te dê boa sorte” é o primeiro filme da diretora e foi inspirado em sua experiência profissional de ouvir histórias de parteiras indígenas Pankararu. A aldeia fica na fronteira dos municípios de Tacaratu, Jatobá e Petrolândia. Ainda não há previsão de quando o documentário será lançado para o público, mas a produção garante exibição gratuita após o simpósio.

População indígena no Brasil

Segundo dados do censo do IBGE realizado em 2010, a população brasileira soma 190.755.799 milhões de pessoas. Ainda segundo o censo, 817.963 mil são indígenas, divididos entre 305 diferentes etnias. Foram registradas no país 274 línguas indígenas.

 

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *